Tranças (2012)

piano solista, trompa, trombone, violino e percussão

 

Comissionada para Domaine Forget International Music Academy. Quebec, Canada.

Estreia: Nouvel Ensemble Modern. Quebec, Canada.

 

   "Observa o movimento da superfície da água,

que se parece com a do cabelo,

e que  tem dois movimentos.

Um que acompanha o fluxo da superfície.

O outro que forma linhas de refluxo."

  

 

Essa reflexão extraída de um rascunho de Leonardo da Vinci é a imagem poética que está na base da composição de “Tranças”.

 

A ideia musical dessa obra é de estabelecer uma sensação sonora de movimento através do "entrelaçamento" de diversos fios em uma linha principal extraída da peça "Corrupio". 

 

Tranças recebeu o prêmio internacional de composição Domaine Forget 2012.

 

 

 

 

 

copyright © 2014 sérgio rodrigo