Colorless Green Ideas Sleep Furiously!

para 2 violinos e ensemble

(dedicada ao Ensemble Ukho)

 

"Idéias verdes incolores dormem furiosamente" é uma sentença criada pelo linguista Noam Chomsky como exemplo de uma frase que é gramaticalmente correta, mas sem sentido.

O poeta brasileiro Haroldo de Campos, em seu livro Galáxias, retoma essa frase, ressignificando-a ao descrever a dança de Iansã, orixá do candomblé brasileiro.

Segundo a mitologia iorubá, Iansã, "a deusa que dorme dançando", comanda ventos, tempestades e raios. Ela é energia viva, pulsante e vibrante. 

Deste ponto de vista, a sentença, além de ser gramaticalmente correta, de infla se sentidos ao ser tocada por Haroldo. 

Esta peça, portanto, é inspirada por essa imagem complexa que conecta linguagem, rito, mito e poesia. Ela é dedicada ao músico Charles Silva que me possibilitou uma aproximação mais íntima aos mistérios da percussão afro-brasileira.

COLORLESS GREEN IDEAS SLEEP FURIOUSLY! foi escrita durante residência no Instituto Sacatar e registrada por Rachel Koblyakov, Igor Zavgorodnii e Luigi Gaggero com Ukho Ensemble na Ucrânia.

 

copyright © 2014 sérgio rodrigo